quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Memórias - Estrela de Portalegre 1932/33


Fronteirense - Agenda para o fim de semana


Formação - Etapas de Desenvolvimento do Jogador de Futebol


A Associação de Futebol de Portalegre (AFP) vai promover mais uma acção de Formação Gratuita para Treinadores, a terceira em pouco mais de um mês.

"Etapas de Desenvolvimento do Jogador de Futebol" é o tema da próxima sessão, que terá como formador Pedro Silva. Está agendada para dia 2 de Fevereiro, às 14 horas, no Pavilhão Gimnodesportivo dos Assentos onde, ainda no último sábado, Jorge Castelo ministrou a última acção de formação promovida pela AFP. 

De componente específica para Treinadores de Futebol, esta acção tem a duração de cinco horas e atribui uma Unidade de Crédito. 

As inscrições estão abertas e devem ser feitas para o email: coordenadortec@afportalegre.com 

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Mapa de Jogos do Estrela de Portalegre


FC Crato chora o desaparecimento de Emiliano Sala


O clube português foi o primeiro emblema do argentino como jogador de futebol. Emiliano Sala só fez um jogo pelos alentejanos e marcou dois golos.

No FC Castro, a notícia do desaparecimento de Emiliano Sala foi recebida com surpresa e o dia tem sido vivido com tristeza, por um jogador que teve uma rápida passagem pelo clube do Concelho de Portalegre.

Paula Trapola, tesoureira do FC Crato, recorda a Bola Branca como chegou o avançado a Portugal e ao clube que ficou registado como o primeiro na carreira de Sala.

"Emiliano chega ao Crato através do amigo, Mauricio Vaschetto, que o conhecia, sabia que estava em Granada que não tinha clube na altura", começa por contar.

A preciosa ajuda do presidente da Câmara, José Correia da Luz, fez com que o clube conseguisse arranjar forma de trazer para Portugal o avançado que na altura se encontrava em Espanha. O clube português contactou a Federação Portuguesa de Futebol e confirmou que Sala ainda não tinha nenhum registo como jogador.

Na altura, José Manuel Curado,presidente do emblema alentejano, "era e é o motorista da Câmara Municipal do Crato e foi buscá-lo". "A primeira inscrição foi feita em Portugal por nós, pelo Futebol Clube do Crato", recorda Paula Trapola.

A história em Portugal não teve muitos capítulos. Sala "fez alguns jogos amigáveis" e apenas um oficial, diante do Gáfete, em que marcou dois golos na vitória por 4-0.

Só que a aventura por Portugal terminaria depois dessa exibição, que deixou uma marca das suas capacidades como futebolista.

"Passado esse jogo, passada essa semana, dois três dias, ele comunica à direção que se queria ir embora, queria ir para a Argentina. Que tinha lá a namorada e tinha de se ir embora e não queria ficar cá mais. Em dezembro, ele foi-se embora para a Argentina e nunca mais voltou", explica Paula Trapola.

A tesoureira do FC Crato recorda um "jovem muito calado, entrava mudo e saía calado, como se costuma dizer", mas que "era amigo e dava-se bem com toda a gente".

A dirigente do emblema alentejano deixa-se levar pela emoção para explicar que o momento no clube "não é fácil".

https://rr.sapo.pt/noticia/138194/fc-crato-chora-o-desaparecimento-de-emiliano-sala

Tráfico humano com fins futebolísticos

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019